Como um bom profissional desenvolve habilidades do século XXI?

Quais são as habilidades do século XXI?

Depois de muitas fases no processo evolutivo, o ser humano encontra-se em um momento em que a inovação é uma premissa. Assim, destaca-se quem desenvolve uma ampla organização para otimizar o tempo, aproveitando o maior número de oportunidades que surgem por meio da flexibilidade.
Pessoas que sabem o que querem, que são confiantes e dominam as novas tecnologias, sempre buscando o aprimoramento profissional, conseguem melhores salários e ainda desfrutam da qualidade de vida obtida por meio das habilidades imprescindíveis nessa época em que o conhecimento deve ser priorizado.
Um dos grandes diferenciais é a constante capacitação, sempre alicerçada nas tendências do mercado ou nas áreas em que você já vem lapidando o talento pessoal e profissional. Nesse momento de constantes mudanças, vale a pena investir em tudo o que vai gerar bons resultados. 

Aprendizado constante

A busca constante pelo aperfeiçoamento profissional é uma das principais habilidades do século XXI. A velocidade da informação e as constantes inovações pressionam o ser humano para que ele se atualize sempre.
Busque cursos em instituições de qualidade e que tenham credibilidade no mercado, com o objetivo de impulsionar a sua carreira e conquistar melhores resultados. Quem não está alinhado com as tendências do mercado corre o sério risco de ficar obsoleto, perdendo espaço diante da acirrada concorrência. 
O aperfeiçoamento profissional é um caminho importantíssimo e que sempre gera bons resultados, ou seja, trata-se de um investimento inteligente na busca pela excelência. 

Multidisciplinaridade

O mercado de trabalho está valorizando imensamente as pessoas que saem do padrão, ou seja, que pensam fora da caixa. Dessa maneira, sempre é preciso inovar no seu ramo de atuação, buscando cursos que auxiliem em áreas em que a visão de negócio aconteça amplamente.
Por isso, a diversificação do conhecimento é extremamente necessária, principalmente pela necessidade de constantes análises de dados, do acompanhamento de métricas e de planejamentos.
Ao obter uma sólida formação em vários segmentos do conhecimento, você terá mais flexibilidade, podendo auxiliar a sua empresa a melhorar os rendimentos e a presença de mercado.

Capacidade de trabalhar em equipe

O bom profissional do século XXI tem espírito colaborativo e sabe trabalhar em equipe. Trata-se de uma habilidade com grande reconhecimento por parte das empresas, visto que os projetos estão cada vez mais integrados, reunindo várias pessoas na busca por determinada solução ou inovação.
Com as novas tecnologias e pelo fato de quase toda a sociedade estar imersa na internet, é importantíssimo que você esteja totalmente familiarizado com a linguagem digital, utilizando os recursos do marketing favoravelmente para o lançamento de um produto, para o reposicionamento de marca ou mesmo para engajar a sua empresa no meio em que ela está inserida.
Como tudo está interligado, quem tem dificuldade para trabalhar em equipe vai ficar para trás. Hoje em dia muitas reuniões acontecem por meio de videoconferência, por exemplo, com profissionais diversificados e de segmentos distintos. Dessa forma, uma das principais habilidades do século XXI é exatamente saber ouvir e somar ideias de várias vertentes, com foco nas soluções e inovações. 

Habilidades digitais 

Diante da explosão tecnológica, as habilidades digitais são imprescindíveis no novo cenário trabalhista do século XXI. Muito além do que saber utilizar uma linguagem adequada ao público-alvo, o profissional tem que dominar as técnicas de marketing digital e também as plataformas que auxiliam nos planejamentos operacionais. 
Além disso, as habilidades digitais são fundamentais para qualquer profissional divulgar o seu trabalho para captar clientes, além de fidelizá-los. Portanto, dominar essa área é uma atitude de sobrevivência.          

Pensamento crítico

Profissionais que contam com pensamento crítico são mais autoconfiantes e determinados a atingir metas preestabelecidas. Eles também se destacam pelo fato de sempre analisarem com eficácia as tomadas de decisão, fazendo com que o planejamento contribua para o acerto nas escolhas.
Assim, geralmente quem tem pensamento crítico desenvolve melhor o espírito de liderança — ponto fundamental para encantar clientes e fornecedores. A persuasão se faz presente e é um ponto essencial nas negociações.

Flexibilidade

Atualmente, o mercado de trabalho conta com pessoas de diferentes origens, formações e personalidades. Por isso, a flexibilidade é um ponto-chave para quem precisa vencer a competitividade.
A concorrência exige mudanças constantes, e você precisa se adaptar às situações adversas. Aliás, só se mantém ativo quem inova e aprende cada vez mais, mantendo a humildade em primeiro plano.
Além disso, a flexibilidade é essencial para pessoas que atuam ou pretendem exercer funções de gestão, tendo em vista que sempre haverá situações em que o bom senso ou a maleabilidade deverão entrar em cena.

Boa comunicação

No mundo atual, comunicação é tudo. Estamos inseridos em uma realidade em que as repercussões ditam as regras em diferentes cenários — do econômico ao político. Em função disso, as empresas precisam saber falar a língua do público-alvo, conhecendo seus hábitos de consumo e suas preferências. O relacionamento entre as duas partes fica bem mais saudável quando é colocada em prática uma comunicação de qualidade.
Também podemos citar a importância de apresentações objetivas e claras, facilitando o entendimento dos clientes e possíveis investidores. A comunicação também reflete no clima organizacional, gerando mais harmonia e motivação. 

Resiliência 

Saber lidar com as pressões do dia a dia é uma das habilidades do século XXI. Somente profissionais que estão aptos a constantes mudanças terão força para sempre evoluir nessa realidade.
Dessa maneira, a dica é saber que você nunca estará pronto, que as tarefas jamais terminarão e que sempre é momento de se levantar e dar a volta por cima. Portanto, a prática da resiliência deve ser constante, sem abalos emocionais por conta de reviravoltas inesperadas. Afinal, as chances delas acontecerem aumentam à medida que evoluímos.    

Como escolher um curso que esteja em sintonia com as habilidades do século XXI?

A primeira dica é você analisar criteriosamente a grade curricular. Veja se ela explora as novas tecnologias, se existem docentes que estão atuando no mercado de trabalho, laboratórios, apoio à pesquisa e ao networking. Além disso, vale a pena notar se a instituição investe em marketing digital e em outros pontos que demonstrem o interesse em sempre prezar pela excelência.
Investigue o histórico da instituição e faça uma varredura nas redes sociais. Também vale a pena conversar com pessoas que já tenham concluído algum curso para saber o que elas acharam da experiência.
Analise ainda as possibilidades de interação com os professores, a qualidade do material online e planeje muito bem a sua escolha, tendo em vista que o investimento precisa ter um retorno garantido.
Quem faz uma pesquisa adequada antes de definir um curso de graduação ou pós já demonstra proatividade, ou seja, mais uma das muitas habilidades do século XXI. Portanto, não deixe escapar a sua chance de se destacar no concorrido mercado de trabalho, plantando sementes para um futuro promissor.
Gostou de saber um pouco mais do assunto e quer ter acesso a outros materiais sobre educação? Então assine a nossa newsletter!]]>

No Comments

Post A Comment