Google Ads: Conheça essa ferramenta de mídia paga

Atualmente, as principais ferramentas de mídia paga são o Google Ads e o Face Ads. Os links patrocinadas são um dos principais métodos para conquistar relevância online e atrair um público qualificado. 

Neste artigo iremos trabalhar apenas uma delas: Google Ads. Iremos conhecer sobre o funcionamento da ferramenta e entender os tipos de campanhas. Acompanhe!

O que é Google Ads?

O Google Ads é uma das principais ferramentas de marketing de busca. Ela foi feita para que os usuários possam promover a sua empresa, vender produtos ou serviços e melhorar o reconhecimento e tráfego do site.

Os formatos de campanha disponíveis na ferramenta são: 

  • Rede de pesquisa
  • Rede de Display
  • Google Shopping
  • Vídeo
  • Apps

Rede de Pesquisa

Neste formato, os anúncios pagos ocupam as primeiras posições das buscas. Além disso, eles são identificados com um “Anúncio” escrito em verde ao lado do link da página vinculada. Os anúncios são exibidos nos sites de pesquisa do Google e nos parceiros de pesquisa do Google.

Observação: O usuário pode optar para que seus anúncios sejam exibidos também na rede de display, além da rede de pesquisa simultaneamente. Isso só será possível caso haja orçamento diário disponível. 

Rede de Display

É um formato utilizado para atrair as pessoas na fase mais inicial das compras. Os anúncios são exibidos antes mesmo dos usuários pesquisarem os seus produtos ou serviços. As opções de segmentação do formato irão ajudá-lo a encontrar o seu público ideal. 

Google Shopping

Esse formato, diferentemente da rede de pesquisa e da display, utiliza os dados dos seus produtos para determinar onde e quando exibir seus anúncios. O usuário envia essas informações sobre o produto pelo Merchant Center.

Vídeo

Você poderá exibir os anúncios em vídeos sozinhos ou dentro de um conteúdo do Youtube bem como na rede de display do Google. Os formatos disponíveis são: anúncios in-stream puláveis ou não puláveis, video discovery, out-stream e bumper. 

  • Anúncios in-stream puláveis: podem ser reproduzidos antes, durante ou depois de outros vídeos. Após cinco segundos, o usuário tem a opção de pular o anúncio.
  • Anúncios in-stream não puláveis: Esses anúncios foram criados para que toda a sua mensagem seja transmitida para os clientes. Podem ter até no máximo 15 segundos.
  • Video discovery: Esse formato só exibe os anúncios no Youtube e aparecem para as pessoas nos locais em que elas descobrem conteúdo.
  • Out-stream: São os anúncios exibidos em sites parceiros e só estão disponíveis para smartphones e tablets.
  • Bumper: São os anúncios no formato de vídeo de curta duração. Eles estão limitados a seis segundos e não podem ser pulados. 

Apps

Para utilizar esse tipo de campanha no Google Ads, é preciso fornecer o texto, um lance inicial e o orçamento. A partir desses dados, a ferramenta irá testar diferentes combinações para exibir os anúncios sobre o seu app.

Como funciona o Google Ads

Toda vez que um usuário pesquisa por uma palavra-chave, o Google Ads realiza um leilão para definir os anúncios que serão exibidos na busca e qual o seu posicionamento.

Os anúncios são classificados a partir de um Ad Rank, determinado de acordo com lance máximo de CPC (Custo por clique) e Índice de Qualidade

Os componentes do Índice de Qualidade são:

  • CTR (taxa de clique): É definido pelo número de vezes que um anúncio foi clicado (cliques) dividido pelo número de vezes que o anúncio apareceu para alguém (impressões).
  • Relevância: Representa o valor da palavra-chave em relação ao conteúdo do seu anúncio. São três status de relevância: acima da média, na média ou abaixo da média.
  • Landing pages (páginas de destino): O Google valoriza a experiência do usuário e por isso, se um usuário não tiver uma boa interação ao visitar a sua página, ele irá voltar a barra de pesquisas. Uma má experiência de Landing Page pode interferir na classificação do seu anúncio e nos seus custos de publicidade.

Como fazer anúncios no Google Ads

Agora que já entendemos os formatos de campanhas do Google Ads, vamos conhecer o passo a passo para fazer anúncios.

Criar uma conta

Para começar, entre na página do Ads. No canto superior direito, você pode clicar em Acesse sua conta (caso você já possua uma) ou clicar em Começar agora (para criar uma conta).

Criar a primeira campanha

Depois de preencher todas as informações, você abrirá a tela inicial da sua conta. Se você já tem uma conta ativa, nesse momento verá todas as suas campanhas. Mas se este for seu primeiro anúncio, clique em Campanhas e em seguida no botão azul de (+) ou clique em Nova Campanha (no centro da página). 

Escolher um tipo de anúncio

Agora é o momento de escolher o tipo de anúncio que você quer! Os tipos de campanha disponíveis são: 

  • Rede de pesquisa;
  • Rede de display;
  • Google shopping;
  • Vídeo;
  • Apps;

Inserir as metas

Após escolher o formato de anúncio, é preciso preencher as Metas. Isto é, definir as ações que você quer que os usuários façam. 

Configurar a campanha

Essa página você deverá configurar todas as características da campanha como, redes, locais, idiomas, lances, orçamento, datas de início e fim etc.

Configurar grupos de anúncios

Nessa etapa, você deverá agrupar os anúncios que possuem palavras-chave em comum.

Criar anúncio

Na última etapa, o usuário deverá preencher com URL, título, caminho e descrição do anúncio. 

Não se pode mais negar que o investimento em links patrocinados traz resultados que impactam toda uma estratégia digital. Por isso, é cada vez mais comum ver empresas, independente do porte, investindo nesse modelo.

Se o desejo da sua empresa é conseguir atrair mais tráfego para o site e consequentemente, gerar vendas, talvez seja o momento para avaliar os benefícios que a busca paga pode trazer para o seu negócio. 

Quer receber mais dicas e informações como estas? Assine a newsletter e não perca nenhuma novidade.

 

Referências utilizadas: 

Conhecendo a plataforma

Entenda o que são links patrocinados

Passo a passo para o Ads

Como anunciar na ferramenta

O que é e seus benefícios?

Campanhas de rede

Rede de pesquisa

Rede de display

Campanhas de vídeo

Campanhas para Apps

 

No Comments

Post A Comment