Mitos e Verdades sobre o Diploma EAD

Os cursos de graduação e pós-graduação a distância são cada vez mais populares e ganham mais adeptos, uma vez que oferecem uma série de vantagens aos estudantes. No entanto, há ainda muito preconceito sobre o diploma EAD, e é bem provável que você já tenha ouvido piadinhas sobre esse tipo de graduação não ter a mesma validade que um curso presencial.

Essa é apenas uma das diversas inverdades que circulam sobre o diploma EAD, pois ele tem absolutamente o mesmo valor que os de cursos presenciais, sem que o aluno seja prejudicado ou tenha um ensino de qualidade inferior.

Pensando em esclarecer mitos como esses apresentados e trazer verdades sobre o diploma EAD, desenvolvemos este post. Acompanhe e conheça as respostas para os questionamentos comuns acerca do diploma EAD.

Por que um diploma EAD tem o mesmo valor de um diploma presencial?

Para que possam oferecer cursos de graduação, pós-graduação e outras modalidades do aprendizado, as instituições de ensino precisam obter inicialmente uma autorização e depois o reconhecimento do Ministério da Educação (MEC). Tal informação pode ser verificada em uma reportagem produzida pelo portal Repórter Diário.

Desse modo, quando alguém tem interesse em fazer um curso — seja a distância, seja de modo presencial —, precisa analisar se a instituição de ensino teve o curso autorizado pelo MEC. É isso que torna um diploma válido ou não, e não a modalidade em que as disciplinas foram cursadas.

Tanto os cursos presenciais quanto os cursos EAD precisam ter o seu currículo e as condições da oferta de conteúdo analisados para que sejam oferecidos com legitimidade. Logo, o diploma EAD tem exatamente o mesmo peso ou valor de um diploma presencial.

Quais são as informações que constam em um diploma EAD?

As informações que constam em um diploma de graduação ou pós-graduação são praticamente as mesmas para os cursos presenciais e os a distância. Afinal, o objetivo do documento é comprovar que determinada pessoa realizou tal curso.

Os itens que constam em um diploma EAD podem variar de acordo com o curso, mas na maioria dos casos, são os seguintes:

  • área do curso, como Direito, Medicina, Comunicação Social etc.;
  • tipo de habilitação — licenciatura, bacharelado, superior de tecnologia, especialização, mestrado e doutorado;
  • dados da instituição de ensino;
  • nome do titular do diploma;
  • data da entrega do documento;
  • dados do dirigente da instituição etc.

Geralmente, junto ao diploma é entregue um histórico escolar, no qual constam as disciplinas que foram cursadas e a carga horária de cada uma delas. Também aparecem nesse histórico as atividades complementares realizadas durante o curso, como participação em eventos e estágios.

Esse documento tem tanta relevância quanto o diploma e muitas vezes deve ser apresentado — como quando o diplomado é aprovado em um concurso público e precisa comprovar a sua titulação.

É especificado no diploma que o curso foi feito a distância?

Existe um mito de que os diplomas de cursos EAD trazem a informação de que o aluno estudou a distância, mas isso não é verdade. A informação sobre a modalidade não aparece no diploma, justamente por não ter relevância. Se ambos os tipos de curso, presencial ou a distância, têm a mesma validade, não faz sentido imprimir esse dado no documento.Isso quer dizer que nenhum graduado em um curso a distância terá menos chances de conquistar uma vaga de emprego quando estiver disputando com um graduado em curso presencial. O mesmo vale para quem deseja seguir carreira acadêmica, pois um bacharel que obteve o diploma EAD pode tranquilamente participar de processos seletivos para mestrados e doutorados.

Quais são as principais vantagens de fazer um curso EAD?

Uma pesquisa desenvolvida pela Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES) e divulgada em uma reportagem da EBC aponta que 44% das pessoas interessadas em fazer um curso superior optariam pela modalidade EAD.

Além disso, quando perguntados se fariam um curso EAD com alguns módulos presenciais, 93% dos respondentes da pesquisa disseram que sim. Isso demonstra, de acordo com o estudo, que a educação a distância cresce em um ritmo mais acelerado do que a educação presencial, que tem preferência de 56% dos estudantes apenas. Segundo o mesmo estudo, é provável que até o ano de 2023 existam mais alunos matriculados em cursos EAD do que em nível superior.

Tal realidade se justifica muito pelos diversos benefícios que os estudantes têm ao optar por essa modalidade. Listamos os principais deles a seguir.

Flexibilidade de tempo

Uma das maiores vantagens dos cursos EAD é a flexibilidade de tempo, uma vez que os alunos podem estudar e fazer suas atividades em qualquer local e no horário em que lhes for mais conveniente.

Os cursos EAD, portanto, são ideais para aquelas pessoas que já têm um emprego fixo mas querem prosperar na carreira sem abandonar as atividades de trabalho.

Validade no mercado

Conforme já destacamos, os cursos EAD têm a mesma validade que os presenciais no mercado de trabalho. Logo, uma pessoa que se graduou a distância tem as mesmas oportunidades que alguém que fez o curso presencialmente.

Diminuição de custos

Quem já fez cursos presenciais na faculdade ou na universidade sabe que a mensalidade não é o único gasto que se tem. É preciso gastar com o transporte até o local onde ocorrem as aulas, com alimentação nos intervalos etc.

Nos cursos a distância todos esses gastos deixam de existir, uma vez que todas as atividades poderão ser feitas na casa do estudante, sem que seja necessário se locomover por longas distâncias para isso.

Desenvolvimento da proatividade

Um estudante de EAD também desenvolve mais a sua proatividade, característica que é cada vez mais valorizada no mercado de trabalho. Isso acontece porque as aulas não têm horário fixo e não há cobrança de resultados por parte dos professores.

Logo, tudo deve ser resolvido por conta própria. Caso tenha ficado com alguma dúvida sobre um conteúdo, por exemplo, o aluno deverá buscar meios para solucioná-la, como ler os livros indicados, assistir as aulas novamente ou entrar em contato com o professor para uma explicação mais aprofundada.

De maneira geral, podemos dizer que a educação a distância tem o mesmo valor que a presencial e que um diploma EAD é válido em qualquer circunstância.

Nós da FazerPos acreditamos nos cursos EAD e já abordamos esse assunto em diversos conteúdos que produzimos. Caso tenha alguma dúvida, entre em contato conosco!

No Comments

Post A Comment