6 dicas para escolher uma instituição de educação a distância

A educação a distância possibilita que muitas pessoas invistam na sua formação. A falta de tempo e recursos financeiros era um empecilho para quem sempre quis estudar, mas graças a expansão do ensino a distância, hoje é possível ter um diploma mesmo com a rotina e o orçamento apertados.

Também conhecida como EAD, a principal característica dessa categoria de aprendizagem é que professores e alunos não precisam estar fisicamente no mesmo local e horário para que as aulas aconteçam.

Se você gostou da ideia e se preocupa em ter um ensino de qualidade em uma instituição séria, este artigo foi feito para você! Confira como fazer a melhor escolha em 6 dicas valiosas. Boa leitura!

1. Credibilidade da instituição

O primeiro ponto que deve ser analisado quando falamos em instituições de ensino superior é o seu credenciamento pelo MEC, e com a educação a distância não seria diferente. O reconhecimento do Ministério da Educação é de suma importância, pois só podem emitir o diploma ao final do curso as faculdades que têm esse aval.
Para poder ofertar determinados cursos, é necessário que o MEC faça uma avaliação da faculdade. A lista de universidades e dos cursos autorizados está disponível no site do ministério.
Contudo, é importante salientar que essa autorização é dada para o curso, e não para a faculdade em si. Por isso, é importante tomar cuidado para não se confundir e pesquisar sobre o curso, e não apenas qual entidade está ofertando a graduação ou pós do seu interesse.

Avaliação do MEC

O Ministério da Educação também analisa e publica as notas das faculdades que se dedicam à modalidade de ensino a distância utilizando três principais ferramentas de avaliação.

Conceito Preliminar do Curso (CPC)

Verifica a titulação do corpo docente, a quantidade de profissionais, o desempenho dos alunos e os recursos didático-pedagógicos, atribuindo notas de 1 a 5 — sendo que os conceitos 1 e 2 são considerados insatisfatórios.

Conceito do Curso (CC)

O MEC faz uma avaliação presencial nos polos de apoio para confirmar ou sugerir modificações do CPC, utilizando o mesmo sistema de notas da ferramenta citada anteriormente.

Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade)

O Enade é a famosa avaliação dos estudantes, em que o conhecimento adquirido durante a graduação é testado por meio de uma prova, com notas que também vão de 1 a 5.
Para descobrir qual é a nota do curso que você está pensando em fazer, procure a aba “Consulta Avançada” no portal do MEC e siga as instruções.

2. O corpo docente

O corpo docente é outro elemento que deve ser valorizado na busca pela melhor instituição de ensino a distância que oferta cursos EAD. A capacitação dos professores e dos demais profissionais envolvidos no seu funcionamento é crucial para determinar a qualidade de um curso.
Nesse momento, é importante que esteja claro que na educação a distância as orientações são dadas pelo professor ou tutor da disciplina.

  • Tutor: aquele que acompanha o aluno, tira dúvidas sobre o conteúdo, podendo ser um professor de alguma disciplina ofertada pelo curso.
  • Professor: quem cria os conteúdos que serão ministrados.

O tutor ou o professor pode apresentar o conteúdo criado. Dentro desse contexto, é importante verificar informações sobre o corpo docente do curso que pretende fazer, pode se deparar com uma lista de tutores ou professores.
Geralmente as faculdades disponibilizam uma listagem com o nome dessas pessoas e a titulação, mas não basta que o título mais comum seja o de Doutor.
Pesquise sobre essas pessoas na plataforma CNPQ, na opção “Currículo Lattes – Buscar Currículo”. Lá você deve encontrar todo o histórico desse profissional, seus trabalhos e artigos publicados, as linhas de pesquisa, a experiência em sala de aula e os estudos pertinentes à disciplina que ele está destinado a lecionar.
As universidades públicas são conhecidas pela alta qualidade de ensino e pesquisa, sendo possível encontrar esses profissionais também nas instituições privadas que ofertam cursos EAD.

3. Custos

A mensalidade e as opções de aula não podem ser ignoradas quando você recorre à educação a distância para que o diploma possa caber no seu bolso e na sua rotina.
Se o corpo docente é atrativo e a faculdade está adequada a todas as determinações do MEC, chegou a hora de avaliar o valor da mensalidade e as opções de aulas.

4. Localização

Mesmo que a faculdade seja EAD, a localização do pólo presencial também deve ser avaliada. Isso porque muitos cursos exigem uma quantidade de encontros presenciais durante o tempo de formação.
Sempre verifique onde será o polo e a frequência de visitas que precisará fazer. O sistema de acesso virtual também precisa ser observado, pois deve oferecer condições para que você siga um plano de estudos eficiente.

5. Apoio ao estudante

Se você acha que a educação a distância é sinônimo de alunos livres ou desamparados, está enganado. As instituições sérias devem oferecer boas práticas de suporte ao estudante.
A modalidade EAD exige que o sistema para sanar dúvidas seja eficiente. Os questionamentos, tanto a respeito do conteúdo em si quanto de procedimentos da instituição devem ser respondidos satisfatoriamente.
Se um aluno de qualquer curso presencial tem dúvidas sobre a rematrícula ou a reposição de alguma aula perdida, ele procura a secretaria ou a coordenação. O mesmo acontece com os estudantes do ensino a distância. Por isso, é necessário ter um bom polo de apoio presencial e uma equipe eficiente.
Aulas ministradas pela internet não deixam de fazer parte de um sistema, e como tudo que depende da tecnologia, pode apresentar problemas de conexão. É importante que a instituição ofereça um bom suporte nesse sentido, então inclua esse quesito nas suas pesquisas.

6. Reputação da instituição

Por fim, esteja atento à reputação da instituição escolhida. A oferta de cursos e universidades não para de aumentar, e é claro que todas elas conhecem os requisitos listados neste artigo.
Por isso, é importante que você pesquise com alunos e ex-alunos o que eles têm a dizer sobre a faculdade e o curso escolhido. Se não conhecer nenhum, acesse a página do Facebook, os comentários do Instagram, o perfil no LinkedIn e verifique os depoimentos, as postagens e as avaliações.
Seguindo as nossas dicas você pode fazer uma escolha mais segura e tranquila sobre a instituição de educação a distância que ofereça o curso desejado. Não perca mais tempo!
Conhece alguém que também quer começar a estudar o quanto antes? Então compartilhe este artigo nas redes sociais!

No Comments

Post A Comment