Lato Sensu e Stricto Sensu: quais as diferenças entre esses formatos?

Se você já teve a curiosidade de procurar opções de pós-graduação, certamente observou que as instituições de ensino oferecem as modalidades Lato Sensu e Stricto Sensu.

Entretanto, você sabe exatamente o que essas duas expressões em latim significam para a sua formação e para o seu futuro profissional? O mercado de trabalho está cada vez mais competitivo e se posicionar nesse cenário exige mais do que experiência. É necessária uma formação sólida e adequada à profissão desejada.

O artigo de hoje foi elaborado para que você entenda essas questões e possa fazer uma boa escolha. Continue a leitura e saiba mais!

O que é Lato Sensu?

As diferenças entre Lato Sensu e Stricto Sensu podem causar uma certa confusão no momento em que o interessado começa a buscar uma opção de pós-graduação. Nesse processo, a modalidade Lato Sensu talvez seja a que apresenta mais resultados.

A expressão Lato Sensu se origina do latim e significa “sentido amplo”. Engloba todos aqueles cursos voltados para a especialização profissional, seja os que levam esse título, ou o Master Business Administration, o clássico MBA. Embora o termo em inglês indique a origem desses cursos, a categoria é muito popular no Brasil.

Como funciona?

As especializações ou MBA’s funcionam com uma carga horária mínima de 360 horas. Em tradução livre, o MBA significa “mestre em administração e negócios”. A maioria desses cursos, portanto, é voltada para as áreas de administração e negócios.

Mas existe uma diferença entre o MBA norte-americano e o brasileiro. Nos Estados Unidos, o título concedido após a formatura é o de mestre em administração de empresas. Já no Brasil, apesar de levar o mesmo nome, é um curso menos intenso e confere ao estudante o título de especialista.

O Ministério da Educação permite que os cursos Lato Sensu sejam realizados nas modalidades presencial ou a distância, sem distinguir os certificados.

Tipos de cursos

Existem algumas diferenças entre a especialização e o MBA. Conheça um pouco mais de cada uma delas:

Especialização

A especialização é voltada para profissionais que já tenham algum conhecimento prático em sua área, uma vez que o curso tem o objetivo de conceder um aprofundamento sobre um determinado segmento.

Por exemplo, se você se formou em Publicidade e Propaganda e se identificou com os assuntos relacionados a marketing, pode escolher uma especialização sobre o assunto. Assim, adquire mais embasamento teórico nessa área, engrossa o currículo e abre as portas para novas oportunidades de trabalho.

MBA

O MBA divide-se em dois tipos, pelo tempo de duração. O mais longo é chamado de tradicional, e o mais flexível é conhecido como executive.

Se você está interessado em fazer um MBA e quer saber em qual categoria o curso se encaixa, basta analisar o tempo de duração. O tradicional costuma ter uma duração maior em relação ao executive.

Esses cursos são mais indicados para os que já ocupam cargos de liderança e gestão, ou ainda para quem deseja chegar a esse patamar. É possível cursar um MBA a distância em uma universidade do exterior ou realizar a formação integralmente fora do país.

O que é Stricto Sensu?

Chegou a hora de saber um pouco mais sobre a pós Stricto Sensu, expressão do latim que significa “sentido restrito”! Esse tipo de pós-graduação se refere aos programas de mestrado e doutorado, que podem ser realizados por qualquer pessoa que tenha um diploma de curso superior e cumpra as exigências da instituição de ensino escolhida para praticar a formação.

Como funciona?

O mestrado tem um tempo médio de duração de dois a três anos e o aluno fica imerso na linha de pesquisa escolhida para seguir.

Antes de iniciar o curso, o aluno deve escolher a linha de pesquisa entre os programas oferecidos pela universidade de sua preferência. Depois, é preciso entrar em contato com os professores orientadores disponíveis e se informar qual os procedimentos necessários para participar da seleção.

A conclusão do mestrado se dá por meio de uma dissertação, cujos resultados são apresentados para uma banca examinadora. Após essa etapa, o aluno pode fazer um doutorado, com duração média de quatro a cinco anos e que requer a defesa de uma tese ao seu final. Quem se forma mestre ou doutor recebe um diploma ao final do curso.

Tipos de mestrado

O mestrado subdivide-se em duas categorias:

  • mestrado profissional, voltado para a aplicação do conhecimento de forma prática, de maneira mais aprofundada que a especialização, por suprir demandas específicas do mercado de trabalho;
  • mestrado acadêmico, dedicado à leitura, coleta de dados e pesquisa científica, indicado para aqueles que desejam seguir a carreira acadêmica.

Vale lembrar que, qualquer que seja a opção escolhida, o aluno terá, ao final, o título de mestre, que lhe dá a possibilidade de ministrar aulas em cursos de graduação e pós-graduação e de cursar o doutorado.

Doutorado

Quem se interessa por seguir a carreira acadêmica deve dar continuidade à sua formação. Após concluir o mestrado, chega a vez de se dedicar ao doutorado.

Com duração média de quatro a cinco anos, o curso busca desenvolver uma pesquisa aprofundada, fazendo com que o estudante realmente tenha um conhecimento avançado sobre o assunto.

O que diz a legislação

De acordo com o site do MEC, os cursos Stricto Sensu devem obedecer às normas de autorização, reconhecimento e renovação previstas em lei. Conforme a Resolução CNE/CES Nº 1, quem concede essa autorização é a Capes.

Já sobre o Lato Sensu, o MEC estabelece que o seu funcionamento não depende das mesmas autorizações dos cursos Stricto Sensu, mas do credenciamento da instituição perante ao Ministério da Educação. 

Como escolher entre Lato Sensu e Stricto Sensu

A realidade é que os cursos Lato Sensu e Stricto Sensu são de extrema relevância para a sua carreira profissional. Basta ter clareza dos seus objetivos para escolher qual opção se enquadra melhor no que você almeja para o futuro.

Se você busca avançar na carreira ou deseja seguir um novo caminho e está disposto a encarar novos desafios, talvez seja hora de considerar um MBA. Mas, se quer fazer uma pesquisa mais aprofundada, ministrar cursos e dar aulas futuramente, é interessante investir no mestrado.

O Lato Sensu merece destaque por sua flexibilidade, já que as melhores instituições do Brasil e algumas do exterior oferecem cursos próximos a você, na modalidade a distância.

Já o Stricto Sensu é a porta de entrada para o mundo acadêmico e a carreira de pesquisador. Você pode fazer grandes descobertas para a sociedade e tornar-se um nome de destaque na área de atuação!

Como avaliar a instituição de ensino

Qualquer que seja a modalidade escolhida, é importante prestar atenção na instituição de ensino escolhida para cursar a pós-graduação.

É verdade que, nos últimos anos, houve um aumento na oferta de mestrados e MBA’s, mas você deve tomar alguns cuidados para escolher uma entidade que apresente todos os requisitos necessários para que o seu certificado ou diploma seja válido.

Sendo assim, fique atento a um fato fundamental: a avaliação da instituição pelo MEC (Ministério da Educação). No caso dos mestrados e doutorados, a consulta deve ser realizada no portal da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), responsável por esse processo. 

Lato Sensu e Stricto Sensu são ótimas opções para o seu futuro profissional. Analise com cuidado qual é o mais adequado às suas necessidades e objetivos de vida e faça uma boa escolha!

Ainda na dúvida sobre qual opção escolher? Compartilhe nas redes sociais e peça a opinião de amigos sobre os cursos de especialização e mestrado!

]]>

No Comments

Post A Comment